Arquivo do mês: setembro 2007

PUTINHA DO BAR

Hora do almoço, nem sempre dá tempo para passar em casa e comer a bóia da patroa. Acaba procurando aquela pensão mais suspeita que rua escura com dois transeuntes de cada lado perto do beco escuro, mas como não sobra muita opção acaba fazendo ali mesmo.
Marla é uma loirinha que fica no caixa, todo mundo sabe que ela dá para o marido da dona da pensão, fato que ou ela faz vista grossa ou realmente é cega de não perceber. Com filho na barriga e tudo, o Seu Marco fica na esquina no meio da tarde esperando a rapariga aparecer. Dali vão para o terreno atrás do curral e vai ali mesmo no meio das vaquinhas ordenhar direto das tetas da bichinha o que a patroa regula em casa porque isso não é coisa de mulher direita.
Para variar não era um dos melhores dias do pobre lenhador. Chegou cheio de fome e queria logo atacar a primeira coisa que se parecesse com comida pela frente. A casa estava cheia, tudo bem, mas meia hora esperando ser atendido era o fim da picada. Dona Arlete estava na porta procurando o marido e Ruffus pensou em marcar com ela o flagrante, na certa aquela piranha devia estar dando aquela bocetinha para aquele filha da puta. Resolveu ir sozinho conferir e qual não foi sua surpresa encontrar os dois de papo no mesmo lugar onde os moleques da rua costumam se divertir quando o casalzinho se encontra.
Puto da vida resolveu não atrapalhar os pombinhos, a sacanagem ia ser maior se fizesse a própria esposa flagrar os dois. Não, não, isso não era suficiente, devia era foder de vez com aquela porra toda. Mas veio a razão, muita gente dependia daquela pensão para comer ali, não tinha mais nada naquele vale parecido, enfim. Resignado na sua própria desgraça pessoal, o estômago roncando que só, deixou de almoçar, voltou ao trabalho e ficou de comer alguma sobra que um dos aprendizes possam ter deixado, não podia se demorar mais em arranjar problemas pros outros, mesmo que isso resolvesse o seu problema.
Ruffus percebeu que algumas pessoas tem realmente que se foder, por mais duro que dêem diariamente. E se você não for gostosa e dê para o patrão, melhor enfiar o rabo entre as pernas e torcer para voltar melhor na próxima encarnação, porque nesta tu vai ser sempre um fodido do caralho.

– Dá na boquinha, dá na boquinha que a loirinha adora!!!!


%d blogueiros gostam disto: